Irani Alves de Genaro

 

 
 

 

 
 Desta vez as nossas obrigações profissionais nos levaram até Sorocaba, Estado de São Paulo, Brasil, para entrevistar a nossa bela amiga Irani Alves de Genaro. Combinámos o encontro junto à bela Igreja Matriz, de estilo onde predomina o neo-clássico (misturado com estilos orientais), com uma grande torre quadrada, com relógios nas suas quatro faces, encimada por uma linda cúpula sineira de um estilo quase oriental (lado esquerdo); no lado direito, outra torre sineira, mas mais pequena, também com traços orientais. Quando o táxi parou à porta da igreja, logo uma voz reclamou: -"Carlos ! estou esperando há mais de uma hora !!!". Uma escorpiana esperar por um homem cinco minutos, é uma "grande tragédia". Mas como nós somos piscianos, nem ligámos à reclamação, e aproveitámos para lhe perguntar : - Irani, e se, de repente lhe oferecerem flores, isso é ... ?: -"Olha Carlos, carinho ...". Nem a deixámos falar mais, porque lhe oferecemos logo uma linda rosa vermelha: Sorriu, agradeceu e não reclamou mais. Fomos para um barzinho perto da igreja, onde começámos a entrevista, enquanto bebíamos chocolate: - Irani, para você, o Imaginário será um sonho da realidade ... ?: - Vê bem ! Eu diria que é uma fantasia porque para mim, sonho é significado de algo bom, bonito, eu digo : Parece um sonho! Quando quero me referir a algo muito bom ! já o contrário de Sonho, é pesadelo, algo ruim, feio, portanto, imaginário não chega a ser nem sonho, nem pesadelo mas sim uma Fantasia pois como a própria denominação diz: Imaginário é algo que a gente imagina, que a gente pensa, algo ilusório". – A cultura será uma botija de oxigénio ... ?: -"Eu não diria será, eu diria é e se não for, deveria". – As piadas às louras são injustas ... ?: -"Penso que deve incomodá-las muito sendo assim, para elas, acabam sendo, mas se eu fosse loura não me importaria; o que interessa são os fatos e não os boatos". – Para você, o arrependimento mata ... ?: -"Não mata literalmente não, mas que judia, judia". – Que vício gostaria de não ter ... ?: -"Carlos, quem disse que eu tenho ) ahahah se estiver se referindo a fumar, beber, jogar, trapacear, roubar essas coisas, então, não tenho mesmo, graças a Deus ... meu vício é reclamar !". – Qual o desafio que já aceitou até hoje ... ?: -"Andar de Jet Ski no mar de CanCun – quase morri de medo quando o bendito motorzinho parou de funcionar exatamente quando eu estava sozinha, bem longe do grupo e eu só via céu e mar, mais nada, ainda por cima naquele dia, as ondas estavam super agitadas, que alívio quando depois de momentos extremamente angustiantes, apareceu o guia, procurando a ovelhinha perdida". – Qual a personagem que mais admira ... ?: -"Maria (do novo testamento)" . – Para você, o dia começa bem, se ... ?: -"Quando o meu corpo acorda sozinho sem ninguém o tenha forçado a isso, tipo despertador por exemplo ... bbbrr ... odeio". – Qual o cúmulo da beleza, e, da fealdade ... ?: -"Beleza, deve ter sido o momento em que Deus criou a terra com todos os seus elementos incluindo as flores, os pássaros, sol e lua, estrelas, pequenos rios e grandes riachos; enfim a natureza e especialmente quando criou o homem e a mulher e soprou neles o sentido da vida, se eu tivesse visto afirmaria com certeza que isso foi é o cúmulo da beleza. Aliás, eu devo ter visto, mas não me lembro – rs ; da fealdade, um assassino". – Que influência têm em si a queda da folha e a chegada do frio ... ?: -"O Carlos não imagina como me sinto atraída, especialmente a queda das folhas na cidade de Salt Lake City. E eu acho que nessa época do ano a gente se veste com mais elegância e o friozinho quando começa a se aproximar tem mistérios de noite de chuva, faz aumentar saudades e desejos de um conchego humano – aiii, como é bommmmm". – De que mais se orgulha ... ?: -"Ter sido obediente aos meus pais (casar virgem) pode parecer cafono mas me orgulho disso". – Como vai de amores ... ?: - Dou sorte, não posso reclamar". – Uma imagem do passado que não quer esquecer no futuro ... ?: -"O momento sublime em que me tornei ... Mãe". – Quais os seus passatempos preferidos ... ?: -"Escrever, poemas, contos, mensagens; se tenho algum tempinho livre mesmo, é disso que eu gosto". – Qual a sua melhor qualidade, e, maior defeito ... ?: -"Qualidade, meu Amor Ao Próximo: Se sofrem eu sofro junto. Se estão felizes chego a chorar de alegria por eles – é verdade, podes crer ; Defeito, reclamar: quando algo me aborrece, geralmente eu reclamo, acho que não deveria, mas quando percebo já reclamei, ahahah ...". – E qual a característica que mais aprecia em si, e, nos outros ... ?: -"Em mim, a facilidade de fazer amigos; nos outros, Admiro aquelas pessoas que têm a capacidade de aceitar o próximo, sem preconceitos, aquelas pessoas que sabem, que aprenderam o significado do que é amar". – Quando a Irani era criança ... ?: -"Cantar nas Rádios, eu me divertia muito fazendo programas infantis, e delirava quando o telefone da Rádio tocava e era alguém pedindo pra eu cantar tal música assim, assim. Ganhei muitos prêmios, foi bom demais". – E agora, como se auto-define ... ?: -"Extremamente Sensível". – Qual o género de filme daria a sua vida ... ?: -"Romance". Quase um romance, foi a cena no restaurante onde fomos almoçar. Nós a dizermos à nossa querida entrevistada que não gostávamos de bacalhau e ela a replicar: - "Mas Carlos, tu és português !". E nós a respondermos : - Mas Irani, lá por ser português, não quer dizer que goste e que tenha que comer bacalhau !". Um homem, deve contrariar sempre a mulher, principalmente quando não gosta da sua sugestão para o almoço ... Assim, comemos "Bacalhoada com batatas, ovos cozidos, pimentão, cebola, queijo ralado, azeitonas (de Elvas), tomates, tudo regado com bastante azeite de oliva !. – "Sabes Carlos, isto está uma delícia ! É o que eu ouço das visitas para quem já pessoalmente preparei este prato!". Claro, não está previsto outro almoço com a Irani ... Durante o almoço, talvez para suavizar o sabor do bacalhau, a Irani foi-nos falando de Sorocaba : - "Moro na cidade de Sorocaba / São Paulo/ Brasil . Sorocaba foi fundada em 1654, por Baltazar Fernandes; possui atualmente 5000.000 habitantes. É uma cidade Industrial. Possui o terceiro zoológico mais importante do país, o qual leva o nome de: PARQUE MUNICIPAL QUINZINHO DE BARROS . Sorocaba é também conhecida como: MANCHESTER PAULISTA. Seus pontos túrísticos mais frequentados são: Parque municipal CHICO MENDES......PARQUE DA BIQUINHA.......e PARQUE QUINZINHO, onde se localiza o museu e a casa de BRIGADEIRO TOBIAS. A cidade possúi vários clubes sociais e recreativos.........Várias praças e jardins. Por mais de 150 anos, foi famosa por suas FEIRAS DE MUARES. No início da Era Industrial destacou-se na Industria Textil, em produção e exportação. Vou parar por aqui, pois há muito o que se dizer sobre SOROCABA". No final do almoço, depois de bem "desinfectados" do cheiro do bacalhau, fomos para um bar no centro de Sorocabo, onde fizemos a última parte da entrevista : - Irani, o que é para você o termo Esoterismo ... ?: -"Entendo que é uma filosofia, mas não tive oportunidade de explorar melhor esse assunto". – Você acredita na reencarnação ... ?: -"Eu creio na ressurreição". – Acredita em fantasmas ou em "almas do outro mundo" ?... : -Bem ... eu acredito na comunicação espiritual". – Acredita em histórias fantásticas ... ?: -"Depende de quem conta. Costumo analisar a credibilidade, depois tiro a conclusões". Mudando de assunto: Que livros (ou livros) anda a ler ... ?: -"Nem perguntes, estou na base de : caiu na rede é peixe (não necessariamente bacalhau) nem termino um e se me chega às mãos algo interessante já largo o anterior, que coisa viu ? mas por causa de uma designação da Academia Sorocabana de Letras, atualmente mesmo, estou lendo "Menino do Engenho", de José Lins do Rego". – Autores e livros seus preferidos ... ?: -"Carlos ! são muitos ! mas de momento, posso citar : Luiz Fernando veríssimo, Malba Tahan e Kallil Gibran – e tantos, tantos outros". – Música e autores preferidos ... ?: - "De novo fica difícil responder, porque adoro música, mas o que me vem à mente neste momento, é: The Winner Takes It All – B Andersson/B. Ulvaeus – As Rosas não falam / Cartola – Besame Mucho / Velasques – Emoções / Roberto Carlos – e tantos outros ! Se começo aqui a cantar, nunca mais paro!". – O filme comercial que mais gostou ... ?: -"Em Algum Lugar No Passado", e o "O Vento Levou", mas esse pergunta também é de resposta difícil, porque a gente menciona alguns e depois se lembra de outros que gostoumuito e, no meu caso, eu nem sei qual eu mais gostei ... têm gente muito selectiva que consegue, mas eu ... Já vi tantos e tão lindos, como responder com precisão ? Impossível !". – E sua obra literária ... ?: -"Livro de poesias e mensagens "Murmúrios" e Coleção História Em Rima, Contos Infantis, A Coisa Mais Linda Do Mundo (Pequenos contos), Destino ou Corrupção? (romance), etc. Podem ver trabalhos meus em : http://sites.uol.com.br/tempoesia ". E a última pergunta: - Para a Irani, Deus existe ... ?: -"Simmmm, no universo e em mim !". E assim falámos de:
Inani Alves de Genaro
         Nascida num belo dia a 19 de Novembro. É comerciante aposentada.

SAUDADES
Saudade do teu jeito de me acordar
Com beijos pra tirar meu sono
Das flores, servindo de adorno
Nos contornos do meu corpo nu!

Saudades dos banhos de espuma
Tuas mãos, minha bucha de plumas
Deslizando em minha pele

Saudades dos beijos recheados
De moranguinho encapado
Na massa de chocolate superior

Contigo à lua eu subia
Contigo estrelas eu via
Sem ter que olhar para o céu!

Saudades dos teus carinhos
Da tua voz sedutora
Que me levava à loucura
sussurando em meus ouvidos


Saudades das fantasias
Que vestíamos pra nos amar
Vem! . . . vamos amar outra vez
Não quero contar até três
Pra depois dizer que . . .
É Tarde Demais.

Vem que eu te amarei
Como ninguém jamais amou!


Saudades oh! quanta saudades
Que eu sinto de ti
Meu Amor.

Eu Não Posso Ser De Outro
Eu não posso ser de outro
Suplico-te
Não tardes tanto assim
Tudo me fala de ti
Os sonhos que à noite sonho
À luz prateada da lua
O mar quebrando na praia
A brisa soprando em mim!

Eu não posso ser de outro
Suplico-te
Não tardes tanto assim

Ah! que eu não morra sem saber
O sabor dos beijos teus
Ah! que eu não morra sem antes mirar
O meu olhar nos olhos teus!

Vem
Vamos sair por ai
Vamos juntos de mãos dadas
Olhar para o céu e sorrir!
Vem
Quero que sintas o meu sentir
Quero em teu colo deitar
Fazer amor por amar
Quero sentir-te em mim!

Eu não posso ser de outro
Por favor eu te suplico
Não tardes tanto assim.


Formato de entrevista virtual de Carlos Leite Ribeiro – Marinha Grande - Portugal

 
 

 

Envie esta Página aos Amigos:

 

 

                                      

 

 

Por favor, assine o Livro de Visitas:

 

 

 

 

Todos os direitos reservados a Carlos Leite Ribeiro
Página criado por Iara Melo
http://www.iaramelo.com